Regulamento Interno para Hóspedes -
KA Business Hotel

Da Finalidade do Regulamento.

Art. 1º -O presente Regulamento Interno tem por objeto estabelecer regras aos hóspedes que, por força da relação contratual estabelecida entre as partes, usufruam das instalações do local, pelo que, para todos os efeitos, declara o hóspede estar plenamente ciente da obrigatoriedade de seu cumprimento por todo o tempo de duração da estadia.

Das obrigatoriedades no Check-in.

Art. 2º- De acordo com a Lei do Turismo 11.771/2008 do Ministério do Turismo é obrigatório quando da Entrada/Check-in o preenchimento da FNRH (Ficha Nacional de Registro de Hóspedes) bem como a apresentação de documento original válido com foto. Havendo crianças e/ou adolescentes deverá ser apresentado um documento original válido da criança e outro que comprove a autoridade do adulto que a acompanha, em casos da criança não estar acompanhada dos pais, deve o hóspede apresentar autorização com firma reconhecida dos mesmos.

Art. 3º- O Hotel tem por normas internas solicitar um cartão de crédito válido na Entrada/ Check-in como garantia de pagamento de extras e danos aos bens do hotel que possam ser realizados pelo hóspede.

Dos Deveres Básicos do Hóspede.

Art. 4º- São deveres de todos os hóspedes:

  • a) Zelar pela higiene em todos os ambientes do hotel, respeitando eventuais regras de utilização específicas afixadas pela Administração do KA Business Hotel;
  • b) Zelar pela conservação das dependências do hotel, pela conservação das instalações como um todo, equipamentos, camas, cadeiras, TVs, cofres, etc., sob pena de reparação dos danos causados;
  • c) Comportar-se nos ambientes que frequentar de forma compatível segundo os bons costumes;
  • d) ) Respeitar e buscar convivência amistosa com os demais hóspedes frequentadores do hotel;
  • e) ) Responsabilizar-se pela guarda de seus pertences e materiais;
  • f) Não promover algazarras ou comportamentos inadequados nos ambientes do hotel;
  • g) Não fumar em locais coletivos fechados, ou em qualquer dependência do hotel, em cumprimento do que dispõem a Lei Estadual Nº 13.541, DE 07 DE MAIO DE 2009;
  • h) Não é permitido nas dependências do hotel a entrada de bebidas e alimentos não adquiridos no local;
  • i) Não é permitido retirar das dependências do Hotel roupa de banho, enxoval e outros objetos de propriedade do hotel. Na falta de algum item o mesmo será debitado diretamente na conta do hospede e/ou descontado do cartão fornecido previamente.
  • j) Respeitar fielmente todas as regras administrativas internas impostas pelo hotel;

Das normas relativas à segurança no Hotel.

Art. 5º – Todos os hóspedes declaram-se cientes de que há um controle rigoroso de entrada e saída de pessoas no hotel, não sendo possível a permanência de terceiros nas dependências ou nos quartos do mesmo, que não tenham sido cadastrados na recepção, pelo que todos concordam em respeitar a equipe de segurança, notadamente se houver rigor no controle de acesso ou saída daqueles que ficam hospedados no local.

Parágrafo Primeiro –Caso o hóspede venha a receber algum acompanhante nas dependências do hotel, o mesmo deverá informar na recepção previamente para que seja liberado a sua entrada, bem como seja feita a cobrança devida pela utilização dos serviços do hotel.

Parágrafo Segundo - - A permanência de convidados no hotel é permitida por no máximo 30 (trinta) minutos na área da cobertura e com cadastro prévio do convidado, passado esse tempo o valor de uma nova diária será debitado na conta do hóspede. Para receber seus convidados por mais tempo utilize o Lobby do Hotel.

Art. 6ª – O estacionamento interno do hotel é destinado somente à acessibilidade, não estando disponível para outros hospedes que não sejam portadores de deficiência, sendo realizado a segurança do veículo enquanto estiver sob os cuidados do hotel.

Parágrafo Primeiro -O hotel não se responsabiliza por qualquer dano causado por terceiros ao veículo no período de estadia.

Parágrafo Segundo- O hotel não se responsabiliza em hipótese alguma por veículos deixados na parte externa, independentemente de sua localização

Art. 7º - – De nenhuma forma, sem prévia liberação da recepção, poderão franquear o acesso de terceiros não autorizados ao interior do hotel.

Das dependências internas e quartos/suítes do Hotel

Art. 8º – Os hóspedes que ficarem hospedados no hotel, obrigam-se a respeitar as normas internas afixadas nos respectivos locais, obrigando-se, ainda a:

  • a) Manter-se hospedados nos apartamentos/ suítes previamente designados pela recepção do hotel, sendo proibida a troca de apartamentos/ suítes entre os hóspedes sem a prévia e expressa autorização da recepção;
  • b) Zelar pela organização, limpeza e conservação das instalações, móveis e eletrodomésticos do apartamento/suíte que ocupar, sob pena de reparação dos danos;
  • c) Comunicar eventuais defeitos, problemas ou ocorrências no apartamento/suíte que ocupar à recepção para que o reparo seja providenciado;

Art. 9º -Está terminantemente PROIBIDO fumar (Lei Estadual Nº 13.541, DE 07 DE MAIO DE 2009) cigarro ou qualquer outro tipo de fumo dentro dos apartamentos, banheiros, área de café da manhã e outras áreas internas do hotel (ambientes fechados), para isso disponibilizamos de um local apropriado na cobertura do hotel (HAVANA CLUB), para que o hóspede possa utilizar esta área para fumar. Qualquer substância ilícita está proibida em todos os ambientes do hotel sem exceções, em caso de constatar este fato será imediatamente acionado a polícia para averiguar com precisão tal fato.

Parágrafo Primeiro – – O hospede está ciente de que há detector de fumaça nas dependências do hotel e apartamentos/ suítes, sendo que restando constatado fumaça pelos mesmos, o hospede será penalizado, conforme descrito no Parágrafo Segundo.

Parágrafo Segundo - Não sendo respeitada tal norma, a penalidade imposta aos que fumarem nos quartos ou qualquer dependência do hotel, que não seja o HAVANA CLUB, durante sua estada conosco será a taxa referente a higienização do local vigente à época do cometimento da infração, bem como a cobrança equivalente ao valor de uma estadia do quarto que foi utilizado a título de multa.

Parágrafo Terceiro - - Além das penalidades acima impostas, em futura reserva em nosso Hotel, a mesma não poderá ser realizada tendo em vista o descumprimento da citada norma.

Art. 10ª – – A administração do Hotel, além das normas aqui disciplinadas, poderá afixar em cada um dos locais, Lobby, Havana Club, Restaurante e demais instalações, regras específicas de utilização, as quais os hóspedes também se comprometem a respeitar.

Do Restaurante.

Art. 11º – Ao utilizar o Restaurante do Hotel, os hóspedes se comprometem a manter total higiene no recinto e demais instalações acessórias, mantendo-os, sempre que possível, em ordem.

Art. 12º - O café da manhã será servido das 06h30 às 10h00 durante a semana; das 06h30 às 11h00 durante sábados, domingos e feriados. Com reposição até 30 minutos antes de finalizar o café da manhã.

Política de Cancelamento das Reservas

Art. 13º-– Por força das disposições legais inerentes, seguem as normas de nossa Política de Cancelamento de Reservas:

  • a) no caso de cancelamentos realizados até 07 (sete) dias antes da hospedagem, o valor pago como garantia da reserva será devolvido;
  • b) no caso de cancelamentos realizados até 03 (dias) antes da hospedagem, será descontado o percentual de 60% (sessenta por cento) e devolvido 40% (quarenta por cento) da garantia da reserva;
  • c) no caso de cancelamentos realizados até 48 (quarenta e oito horas) antes da hospedagem, o valor da reserva não será devolvido;
  • d)em caso de saída antecipada das diárias contratadas, o valor do débito deverá ser pago integralmente;
  • e) a reserva é feita mediante pagamento de 50% do valor total das diárias, em seguida, o contratante de nossos serviços receberá uma confirmação por e-mail.
  • f)consideramos a RESERVA EFETIVADA somente após a comprovação do depósito referente a 50% do valor global do pacote combinado. O pagamento restante é feito no ato do check-in, na chegada.
  • g) o não comparecimento sem comunicação prévia por escrito nos prazos descritos neste documento, desistência sem cancelamento prévio de 07 dias, na data prevista de chegada, será considerado “No-show” (desistência sem cancelamento). A vaga permanecerá disponível por 24 horas, a partir do horário de entrada. Após este período a reserva será cancelada (com retenção de 100% do valor pago), disponibilizando a vaga para outro interessado. NÃO HAVERÁ RESTITUIÇÃO DO VALOR PAGO PARA RESERVA NEM CRÉDITO PARA OUTRA DATA.
  • h) a desistência da estada após a efetivação do check-in, na entrada do hotel, assim como a saída antecipada, principalmente por motivo de mudança de tempo, ou por qualquer outro motivo NÃO DARÁ DIREITO A QUALQUER TIPO DE RESTITUIÇÃO, REEMBOLSO EM DINHEIRO OU CRÉDITO EM NOVAS DIÁRIAS, acarretando a perda total da quantia paga pelo pacote da hospedagem ou diária. Havendo necessidade de cancelamento da reserva ou alteração na data da hospedagem, o cliente deverá comunicar o hotel por escrito em até 07 (SETE) dias prévios da data da hospedagem, não sendo aceito cancelamentos ou alterações feitas por telefone. Esse comunicado deverá ser enviado por e-mail.
  • i)A alteração de datas da reserva, sempre deverá respeitar a disponibilidade de vagas do Hotel e datas concordadas por esta, devendo ser encaminhado a solicitação para alterações no e-mail da recepção do hotel com antecedência de até 48 (quarenta e oito) horas antes da hospedagem. Passando deste horário, será cobrado o valor de R$50,00 (cinquenta reais) para alteração.

Parágrafo único –Nas hipóteses em que o cancelamento gerar algum tipo de crédito ao hóspede, o Hotel poderá oferecer o reembolso através de créditos para novas hospedagens em datas preestabelecidas, observadas as disponibilidades do hotel, não realizando, como regra, as devoluções em dinheiro.

Art. 14º- Em caso de cancelamento, o valor depositado na confirmação da reserva não será devolvido em dinheiro, mas sim em crédito para hospedagem, desde que a comunicação seja feita até 15 (quinze) dias prévios da data de hospedagem. O cliente terá o crédito (hospedagem) no valor integral antecipado, desde que escolha uma nova data no ato do cancelamento.

  • a) Menos de 15 (quinze) dias prévios da data de hospedagem, o cliente não terá direito ao crédito (hospedagem).
  • b)Todo Crédito pendente deverá ser utilizado até 90 (noventa) dias contados da data do cancelamento da reserva.
  • c)Havendo desistência parcial dos dias contratados e estando o cliente dentro do hotel, não será devolvida qualquer diferença do valor previamente pago, seja em dinheiro ou crédito para hospedagem.
  • d) Se houver saldo pendente do pacote contratado, o cliente deverá quitá-lo na entrada do hotel.

Art. 15º-De acordo com o art. 49 do Código de Defesa do Consumidor, para compras realizadas por telefone ou pelo site, poderá o cliente se arrepender em até 07 (sete) dias da data da compra, podendo neste caso, ser devolvido o valor da reserva.

Das Disposições Gerais.

Art. 16º- Nossos serviços possuem horários pré-definidos e devem ser respeitados, para assim podermos proporcionar a melhor qualidade possível dos mesmos, conforme segue: - Serviço de governança funciona das 8h20 às 16h00.

Art. 17º- O hotel não se responsabiliza por objetos deixados nos apartamentos e/ou nas dependências do hotel. Ao sair do quarto certifique-se de ter trancado as janelas e fechado a porta. Bens e objetos de valor como joias, relógios, máquinas fotográficas, celulares cartões de crédito, documentos pessoais (identidade, CNH e passaporte), dinheiro, etc., todos devem ser mantidos no cofre do apartamento disponibilizado gratuitamente pelo Hotel e que deve ser devidamente trancado.

Art. 18º- Toda chave de apartamento possui um custo de R$ 50,00, caso necessário mais chaves, solicitar na recepção. No ato do cheque- out, todas as chaves devem ser devolvidas

Parágrafo Único- Em caso de perda ou não devolução, será cobrado o valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) por chave, referente o custo de reposição da chave extraviada.

Art. 19º- O hóspede está ciente de que no ato do check-out, será realizado uma vistoria no apartamento/suíte por profissional responsável, para averiguar o estado em que se encontra o apartamento/suíte, devendo anotar no citado termo se há avarias nos móveis, cortinas, banheiro, etc., bem como se encontra bitucas de cigarro, garrafas de bebida que não sejam fornecidas pelo hotel.

Art. 20º- Todo hóspede que proceder de maneira inadequada, contrária a este regulamento ou transgredir normas legais ou de moral, será convidado a retirar-se do estabelecimento, sem direito a devolução dos valores pagos

Art. 21º O presente regulamento pode ser substituído por outro, sempre que a empresa julgar conveniente, em consequência de alteração na legislação ou das necessidades supervenientes, hipótese em que a empresa comunicará todos da nova versão do presente regulamento, disponibilizando-o aos hóspedes.

Art. 22º Os casos omissos ou não previstos serão resolvidos pela empresa à luz da legislação pertinente.

Nossos serviços

  • Recepção Bilíngüe
  • Café da Manhã
  • Havana Club
  • Academia
  • Sala de Leitura
  • Sala de Reuniões
  • Auditório
  • Wireless Alta Velocidade
  • TV a cabo Digital

Contato

  • Rua Renato de Oliveira , n. 80
  • Bragança Paulista, SP
  • + 55 11 4481 9300
  • reservas@kahotel.com.br
  • contato@kahotel.com.br